Barreirinha, Amazonas
Deixe sua mensagem aos Barreirinhenses > AQUI <
Bem-vindos a Barreirinha - Amazonas - Brasil | Welcome to Barreirinha - Amazon - Brazil
A cidade|Comércio|Órgãos Públicos|Fauna|Flora|Festas Populares|Zona Rural|Área Indígena|Mapa Sede| Mapa Interior|Contato|Sobre nós

Parceiros
 
                               
 
 
 
 
 
 
Cidade de Barreirinha - Amazonas - Brasil
 
 
 
 
 

 

 
 
 
     
 
Frente da cidade de Barreirinha (foto atual)
 
     
 
Foi nos meados de 1830, que no Rio Andirá, Baixo Amazonas, nasceu com o singelo nome de Freguesia do Andirá, o atual Município de Barreirinha, criada em 02.11.1848, sob liderança do capuchinho Pedro de Cariana; sobre a comarca do Baixo Amazonas, a maior parte do território que a partir de 05.09.1850 passou a construir a Província do Amazonas.
Em 27.10.1851 chega ao local o jesuíta Manuel Justino de Seixas, que com auxílio dos moradores constrói uma capela sob a Invocação de Nossa Senhora do Bom Socorro.

Em 23.10.1852, a missão de Andirá é levada a curato, com subordinação a Vila Bela da Imperatriz.

Porto do Pucu, no final da cidade onde dá acesso ao negro Rio Andirá

Em 17.11.1853, pela Lei Provincial nº 14, é criado como Distrito de Parintins, com determinação e denominação de Nossa Senhora do Bom Socorro do Andirá.

Em 09.11.1958, pela Lei Provincial nº 92, o distrito passa a denominar-se simplesmente Andirá.

Em 13.05.1873 a sede do distrito é transferida para o local denominado Barreirinha, no Paraná do Ramos por ser terras de barreiras elevadas.

Embarcação típica utilizada no transporte da população

Em 09.06.1892, pela Lei Provincial nº 539, é criado o Município de Barreirinha, por desmembramento do município de Parintins.

Em 04.11.1892, pela Lei Estadual nº 33, é criado o termo Judiciário do município.

Nos tempos que se seguirão à criação, a economia do Município de Barreirinha atingiu franca expansão, devido, sobretudo, à exportação de produtos regionais; castanha, guaraná, borracha, cacau, pirarucu, cumaru e madeira.

Em decorrência disto, recebeu menção Honrosa na Exposição Universal de Bruxelas, em 1910, e participou da Exposição Internacional da Indústria de Lavoura em Turim, na Itália em 1911, onde recebeu medalha de bronze.

Antigo Fórum de Justiça de Barreirinha, onde funcionou também o colégio Pe. Seixas, e aos finais de semana havia festa dançante para os moradores locais.   Antiga Praça do Pequeno Estudante que ficava em frente ao Colégio Pe. Seixas

Nos anos 20, entretanto, ocorreram fatos lamentáveis que desestruturaram completamente sua economia, tais como invasões, saques, enchentes que devastaram plantações de juta e destruíram caças, levando assim a sua destruição.

Pelos atos Estaduais nº 45 de 1930 e nº 33 de 14 de setembro de 1931, são suprido o Município de Barreirinha, que volta a fazer parte de Parintins, sob simples condição de Delegacia Municipal.

Após a reconstituição do Estado do Amazonas, em 1935, ressurge o Município.

Em 31.03.1938, pelo Decreto-lei Estadual nº 68, Barreirinha recebe foros de cidade.

Em 01.07.1952, pelo Decreto-lei Estadual nº 441, o termo judiciário de Barreirinha é transferido para a Jurisdição da comarca de Maués.

Em 24.12.1952, pela Lei Estadual nº 226, é criada a Comarca de Barreirinha.

Em 10.12.1981, pela Emenda Constitucional nº 12, parte do Território é desmembrada, em favor do novo município de Boa Vista do Ramos.

 
                                 
 
 
 
VEJA MAIS FOTOS DA CIDADE | SEE MORE PHOTOS OF THE CITY
 
 
Dados gerais
 
 

Exibir mapa ampliado
 
 
 
Aniversário: 09 de Junho
Fundação: 1881
Gentílico: barreirinhense ou ariramba
Prefeito(a): Mecias Pereira Batista (PMN)
 
Localização
Unidade Federativa Amazonas
Mesorregião: Centro Amazonense IBGE/2008
Microrregião: Parintins IBGE/2008
Municípios limítrofes: Ao norte Parintins; a leste o estado do Pará.
Distância até a capital: 372 Km quilômetros
 
Características geográficas

Área: 5.750 km²
População: 27.355 hab. est. IBGE/2010
Estimativa de 2011*: 27.722/IBGE
Clima: Tropical chuvoso e úmido Cfa
Fuso horário: UTC-3

 
Indicadores
IDH 0,645 médio PNUD/2000
PIB: R$ 69.317 mil IBGE/2005
PIB per capita: R$ 2.628,00 IBGE/2005
 
*Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE. Coordenação de População e Indicadores Socias - COPIS. NOTA: Estimativas da população residente com data de referência 1o de julho de 2011.
 
                                 

a cidade | comércio | órgãos públicos | fauna | flora | festa popular | zona rural | área indígena | mapas
baeturismo © todos os direitos reservados
Criação: baeturismo | Para anunciar mande e-mail para: estevesbae(arroba)gmail.com
As matérias e fotos aqui publicadas podem ser reproduzidas desde que citada a fonte
As matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião de baeturismo, sendo de responsabilidade de seus autores